segunda-feira, 29 de junho de 2015

Gamze & Taylan

Hoje nasceu mais um sobrinho.
O Çan. (Lê-se tchan)
O Çan é o fruto de um amor escondido e só assumido após a passagem do Taylan e da Gamze em Lisboa. Mas desta longa história que envolve padrinhos lindos (moi!!!), escreverei mais tarde.
O quarto da mãe na maternidade parecia o metro em hora de ponta em dia de greve da Carris. É tradição dizem eles. Toda a gente vai ver o bebe nas primeiras horas.
Para isso a coitada da mãe logo após o parto emperiquitou-se toda, pôs um laço na cabeça, e recebeu meio mundo. E sorriu. E tirou fotos. 
É difícil ser uma mãe turca.
Çan, as coisas não estão bem pela Turquia, algo vai mal, mas o teu avô  lutou por uma Turquia secular, livre, democrática, teu pai luta todos os dias, e tu terás que lutar. Para isso tenho a certeza que vais receber muito amor e isso tornar-te-á forte e um lutador nato!
Um beijo do tio tuga.
P.S. Fuck Erdogan














3 comentários:

Santorini 2