quarta-feira, 29 de março de 2017

Quem Ficava À Espera??

"One of our representatives will be with you shortly. You are number 190 in the queue. Your waiting time will be approximately 135 minute(s). Thank you for your patience."

Cada um com a sua maluqueira

Fui tomar a vacina do tétano e a conversa girou à volta do coleccionismo de pacotes de açúcar.
Parece que é um mundo paralelo.
E esta enfermeira domina as convenções de pacotinhos de açúcar...
Por isso estás gorda que nem um pote...





segunda-feira, 27 de março de 2017

Os conhecidos. Ou nem isso.

Quando tenho um pedido para me seguirem numa rede social tenho um aperto no coração.
Sério!
Para mim é sempre um drama quando a Maria João ou o João Maria me pede amizade, e a Maria Joana ou João Maria é apenas alguém que conheço por intermédio de alguém, ou com quem trabalho ou quem estive sentado ao pé numa mesa de um restaurante, ou um vizinho, ou a dona do café, ou um primo ou a puta que pariu.
Enfim. 
Este ser social que quase nem chega a ser conhecido é alguém que eu vou ignorar - internauticamente falando - e que mais cedo ou mais tarde me vou encontrar na rua, no café ou na tal mesa de restaurante.
E... essa pessoa vai estar de trombas porque não percebe que uma coisa é a vida real outra são as redes sociais.
E vou ficar constrangido.



quinta-feira, 23 de março de 2017

Vou vê-la

Para a semana, vou parar em Istambul.
E estou desejoso de vê-la.
Ela, Marcel, é síria.
Pertence às elites do país e saiu do país antes da guerra deflagrar.
Nunca pensaria em não voltar à Síria. Ou melhor, em não poder voltar.
(faz toda a diferença do mundo)
Conheci-a faz 5 anos, numa das cidades mais parecidas à nossa Lisboa.  Ela estava em Istambul para estudar, já o conflito devastava o país.
Porque o mundo é cheio de coincidências, passadas umas semanas a tê-la conhecido, rumava a Coimbra para o programa Erasmus. Ficou com família minha.
Sempre que passo em Istambul faço questão de ver aqueles olhos carentes mas batalhadores.
É uma mulher cheia de fibra - tem que ser.
Os pais eram de Homs e estão agora em Damasco levando a vida como podem.
Irmãos em Munique. Aquando do Erasmus, foi 27 vezes a Munique.
Claro que falamos muitas vezes da Síria.
Muito clara e contundente, culpa os dois lados da barricada.
"Estão bem uns para os outros!"
Trabalha agora nas Nações Unidas, em Istambul. Não ajuda os sírios - acho que se protege emocionalmente da avalanche síria na Turquia - mas no orgão onde está, ajuda nas questões de género.
Sabe que Portugal é um exemplo. Nos meios das Nações Unidas, sempre ouviu falar no nosso Soft Power, na nossa boa diplomacia, na nossa tolerância, nos nossos progressos sociais.
E remata: "Aproveita e dá valor à bolha cor-de-rosa em que vives. Porque não há muito no mundo"

Homs

quarta-feira, 22 de março de 2017

Primeiro? Boneco Sexual Masculino

Algumas questões me surgiram ao ver estas imagens:
- É mesmo o primeiro????
- Como é que o boneco tem erecção? Carrega no botão que fica no ânus?
- É heterossexual ou bissexual? Ele tem direito a escolha?
- Não há negões? - esse clássico dos grandes pénis.
- Faz o 69, canzana, borboleta, cadeirinha, tesoura, ...?
- Ronca?
- Diz Boa Noite Amor?
- Toma iniciativa tipo "Filha vamos pinar agora? Apetece-me!"







terça-feira, 21 de março de 2017

Meiguinho ...

Anfitrião: Bebe chá a esta hora, e depois queixas-te que tens que ir à casa de banho a meio da noite.
Ele: Acordo a meio da noite é contigo a roncar que nem um porco.


segunda-feira, 20 de março de 2017

Birkenstock Or Not Birkenstock


Depois das Crocs - que felizmente quase desapareceram - as Birkenstock é do mais feio que existe.
Sendo do mais feio toca de gozar e azucrinar a cabeça a quem as tinha à nossa volta  - quase toda a gente. 
Pois que não se pode cuspir para o ar. 
E quem comprou um par? 
Quem? 
Não Ele. 
Não Eu. 
Os dois.....
Pois que toda a gente diz maravilhas, e como queriamos algo do genero para a próxima viagem decidimos comprar. 



quarta-feira, 15 de março de 2017

Sempre A Educar Os Outros

Sogra: Vais à casa de Lisboa apanhar um lençol que caiu no estendal?! É da vizinha.

Eu: Ok. Sem problemas. Numa das minhas voltas passo lá.

Sogra: Óptimo. Disse que eras o meu sobrinho.

Eu: Ok...

Horas mais tarde...

Eu: Boa tarde vizinha, sou o genro da Dona X. Vim trazer-lhe o lençol.





segunda-feira, 13 de março de 2017

Apostas Eurovisivas

Até agora são estas as classificações nas casas de apostas Europeias:


1º Francesco Gabbani




2º Bélgica Blanche 




3º Robin Bengtsson



4º Salvador Sobral


domingo, 12 de março de 2017

Memórias do Japão 6

Se havia passatempo rejuvenescedor - literalmente - eram estas maquinetas.
Eram típicas maquinas de tirar fotografias, mas quando saiam as fotografias parecíamos autênticos avatares de Jupiter. Olhos gigantes, peles fantasticamente rosadas, pestanas lindas, beiços cheios de botox, queixos pontiagudos. As fotografias eram tiradas segundo uma série pré-determinada de posições. Cada flash, nova posição mais parva que a anterior. Um delírio!! No final, saímos da maquina e ainda podíamos retocar as imagens. Tinha que haver controlo, se não por pouco parecíamos o Mickey Rourke depois da vigésima sétima operação.





sexta-feira, 10 de março de 2017

Vida ingrata

E quando a pessoa decide tirar uma tardezinha para beber uma jola com o amor na praia, eis que caem três propostas de honorários, para ontem.
Cabrões!
Andei a pôr o creme anti rugas para apanhar sol para quê???
Para apanhar os raios do ecran do pc, concerteza!

Ops

Melhor que as crianças, é mesmo a chinoca a rastejar pelo chão. E o paizinho não tem humor nenhum!


quarta-feira, 8 de março de 2017

Povo Contra Igreja

Aqui está um excelente caso, em que o povo humilde percebe que o que conta é o trabalho e o caracter, e não quem quem nos deitamos. Ou a Igreja muda ou perde os já poucos fiéis praticantes que tem.






Comentários Brasileiros

Quando escolho um hotel, há sempre uma tipo de comentário que presto atenção e que servem de prévio controlo:
O comentário de hóspedes Brasileiros.
Isto porque é um prazer ler os comentários do turistas Brasileiros. Tal qual como as análises de Vasco Pulido Valente nunca, mas nunca é assim tão mau!
Os relatos dos turistas Brasileiros são um mimo. Para além de criativos, ora são deslumbrados ora são  de uma decepção gigante. 
Fiz agora uma breve pesquisa em hóteis onde já fiquei, ou vou ficar. E aqui fica uma breve resenha:

Muito povo no café da manhã (e de cabelo ainda molhado por certo...), hotel com muito chinês pequeno (Ela queria chineses matulões), muito ajuntamento dentro de elevadores (a menina tinha medo de ser apalpada), o café da manhã ocupava 2 andares (amiga assim podias experimentar dois ambientes diferentes), nem malas levam ao quarto (que vexame!!!), quarto só disponível depois das 14h (WTF??? Como eles se atrevem?!), não tinha business center (viajavam em Lua de Mel, portanto vai correr bem o casório), muito vendedor ambulante na rua (Cambodja...), não tinha garrafinha de água como oferta (hotel de 2**), a suite não tinha talheres (a madame fina quer ir a Tóquio, mas comer a maça no quarto com talher...), não falavam Portugûes (em Istambul??), hotel era gigante e não nos acompanhavam ao quarto (mas não viu as fotos do hotel?? A primeira foto é uma torre...ah...e é NYC!!), café da manhã somente com comida local por isso tivemos que ir Stabucks (AHAHAHAHAHAHAHAH), vi ratos no quarto (mas deu nota 8 - não eram ratinhas???), como é possível um hotel em Paris não ter internet (esses Europeus é só mania...), cruzei-me muitas vezes com criadagem (estes Romanos estão loucos!), ..etc...etc...etc...

Fica desde já um alerta: Este post não têm nada de xenófobo ou racista. Certamente outras nacionalidades serão niquentas, mas quem trabalha em turismo (de hóteis a companhias de aviação a tours...) sabe do que falo quando se fala de turista Brasileiro. 


terça-feira, 7 de março de 2017

Vá-se entender....

Eu: O processo é o 209/2017

A funcionária: Não encontro tal.

Eu: Foi o seu colega que me disse esse número

A funcionária: Mas não existe. Poderia dar-me o NIF.

Eu: Ok, é o 123456789

A funcionária: Ah, já encontrei. É o vinte nove/2017

Eu: Ah então existe. Mas leva ponto, é isso? É o 20.9/2017?

A funcionária: Não, não leva!!!! É o processo 20 9/2017

Eu: Ah não é o dois zero nove, nem o duzentos e nove. É o vinte (espaço de silêncio grande) nove.

A funcionária: Certo. Vinte (espaço de silêncio grande) nove, de 2017.

Eu: E o ano? É o ano solar de vinte (espaço de silêncio grande) dezassete?





segunda-feira, 6 de março de 2017

Santorini