segunda-feira, 5 de março de 2018

Ainda a pensar no Festival

Gostei mesmo que o Peu não tivesse ganho. Pelo que percebi até se quedou por um terceiro lugar, depois da não menos alternativa Catarina.
O Peu representa aquele Portugal com medinho e comedido. 
O Peu, género que todos nós conhecemos, é aquele tipo do Ribatejo, que vai ter uma ninhada de filhos, ao Domingo à missa e não falha uma tourada. Ainda usa sapatos de vela, e veste blazer da Giovani Galli porque fadista que é fadista faz a vénia aos benzocos Câmara Pereira deste país.
Posto isto acho que os Portugueses votaram fora da zona de conforto. 
Mais uma vez.
Não acho mesmo que iremos ter a votação record no historial da Eurovisão que Portugal teve - e mereceu - no ano passado. O que se passou o ano passado na Europa foi memorável. E único. 
Mas também acho que vamos - relativamente + satisfatoriamente - bem representados. 

4 comentários:

  1. Tadinho do Peu... acho que tem um timbre bonito, mas todo ele grita votante do CDS/PP.

    ResponderEliminar
  2. Um Vitória não pela excelência, mas sim devido à mediocridade das outras canções lolololol

    ResponderEliminar

O novo trombudo

Desde que exerço novas funções não tenho tempo para nada. Nem para o estaminé. Estou no sofá, prostrado. Cá em casa e fora dela, dizem-me qu...