terça-feira, 29 de maio de 2018

Teatrar

Acabei de encontrar um gajo todo bom numa sessão pública municipal.
Cada um de nós estava ali por motivos profissionais.

Secretamente, apenas olhámos um para o outro.
Depois de vários sorrisos, fiz-lhe sinal, como quem diz:
Vamos à WC?
Ele franziu o sobrolho e mexeu os lábios, como quem dizia:
Vai à merda!”


Fiquei de trombil.


Meu chefe, a rir-se, passados uns instantes disse:
“Está ali o seu namorado, a piscar-lhe o olho!”







1 comentário:

O novo trombudo

Desde que exerço novas funções não tenho tempo para nada. Nem para o estaminé. Estou no sofá, prostrado. Cá em casa e fora dela, dizem-me qu...