quinta-feira, 2 de junho de 2016

O corajosinho!

O casal de rapazes passou, de mãos dadas, por mim feliz. Com as toalhas pelas costas, falavam efusivamente de uma teoria da Psicologia. 
Seguiram pelo passeio da Marginal, e ninguém olhava para eles ou lhes passava importância.
Não a tinham mesmo.
Eram como qualquer casal que por ali deambulava.
Passados 30 segundos, passa um carro, com dois rapazes, e o pendura, já bem depois de ter passado por eles, com a cabeça de fora do carro gritava loucamente: "Paneleiiiiiiiiros! Paneleiiiiiiiiiiiros!"
Aquilo chocou-me.
Mexeu comigo.
Ainda dei um passo na direcção da estrada, mas o carro já lá ia.
Não sei mesmo o que lhes diria...mas o que mais me espanta é qual a necessidade daquela burgesso de fazer aquela fita? O que ganha ele com aquilo? Sente-se mais completo ao final do dia? Quer mostrar ao amigo que é muito macho? Ou sente-se frustrado por não ter os tomates que aqueles paneleiiiiiiiiiiiros demonstram ter? 
Sim porque ele ia no carrinho, bem protegido, e meter a cabeça de fora do carro e gritar para um transeunte é muito corajoso, oh se é.....




11 comentários:

  1. Respostas
    1. Fiquei com uma raiva....Nunca tinha visto tal (se calhar ainda bem...)

      Eliminar
  2. Já me aconteceu tantas vezes isso que já nem ligo. É mau, mas infelizmente não é tão incomum quanto isso :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depende muito das zonas sinceramente. Podem vir com milhões de videos de aceitação da população geral, que não deixa de ter o seu grau de relatividade. Aqui acontece ocasionalmente, Se fores para aldeias do interior é certamente pior. É tudo muito relativo...

      Eliminar
  3. ||||||
    Babaca MESMO!
    Mas a culpa se calhar até nem é dele, mas da educação que tem em casa... Melhores dias virão...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E esta mesma educação ele vai passar para os filhos...

      Eliminar
  4. O que não se vê problema em ser agride profundamente aquele que não conseguiu descobrir o que se é. Simplesmente complicado!

    ResponderEliminar
  5. Nunca vi tal coisa, mas não me espanta. O teu último parágrafo resume bem a situação...

    ResponderEliminar
  6. sim, são uns cobardolas....porque se passassem a pé, ficavam caladinhos e enfiavam a viola no saco.

    ResponderEliminar

Jakarta