sexta-feira, 24 de julho de 2015

As minhas traseiras


Vejo o parque onde brincava e o labirinto onde corria a fugir dos rapazinhos e agora vejo o Parque dos Poetas que me trouxe dezenas de novos amigos que coaxam e grilam todas as noites como se não houvesse amanhã.


8 comentários:

Éden

Fiquei sem fôlego ao ver esta curta tão delicada. Não só pela beleza do filme, mas porque há muitos muitos anos atrás, numa madrugada d...