quarta-feira, 22 de julho de 2015

O Joaquim da minha rua

O Joaquim...
Não era meu amigo, era o irmão mais novo de um rapaz.
Via-o passar, ficavamos por um olá.
Até que minha vida rumou noutro sentido e a do moço também.
Literalmente noutro sentido.
Uma dia cruzo-me com ele na vila e não o reconheci.
Mas fiquei a pensar naquela figura que me tinha fitado e a qual ignorei por detrás dos meus óculos escuros.
Já em casa, tenho um clique e reconheci o Joaquim.
Ele realmente estava diferente:
Cabelo comprido, maquilhado e ...um fantástico baton vermelho.



7 comentários:

Jakarta