sábado, 9 de janeiro de 2016

G&T


O casamento em Istambul foi logo a seguir ao casamento de Zurique. Bem, e que grande diferença.
Se há casal que é social e que gosta de festa, é a G e o T.
Para a G era o primeiro casamento. Para o T, um romântico inveterado, já era o terceiro. Mas acho mesmo que há terceira foi de vez!
Fomos tratados que nem uns sultões. Mas ainda melhor, é que pudemos levar os nossos amigos. Sim!!! Para além de mim e do meu namorado, disseram-nos que podiamos levar todos os amigos que quisessemos. Resultado: forrobodó  luso-turco!
Foi a melhor festa/casamento que alguma vez fui. Foi o casamento onde vi gente mais bem vestida. Nós os portugueses, pareciamos os coitados que vinham da parvónia para assistir aos Óscares.

O casamento começou com o noivo a visitar a casa dos pais. Aí, teve que dar um dote. Eu como padrinho, tive que o acompanhar, oferecer dinheiro, ela a recusar, nós a oferecermos mais, ela a recusar (VACA!), nós a oferecermos... e ela lá aceitou.
De seguida, vamos todos para a rua, dançar música cigana dos balcãs, e preparar o cortejo para a villa onde se ia realizar a cerimónia civil.
Na villa, grande aparato com chegada dos noivos, casamento, assinaturas, beijos.
E baza tudo. Às 15h...
Glup.
Portugueses, sem saber o que fazer ficam por ali, confraternizam com os noivos e amigos mais chegados, comem amendoins, bebem, amendoins, e bebem mais, e comem mais amendoins.
(já perceberam como ficámos....)
Às 19h, depois de 4 horas a comer amendoins (burros não comemos na casa da noiva porque pensávamos que íamos encher o bandulho no casamento...), a Oz pergunta-nos se tínhamos fome... Pediram de urgência umas pizzas turcas!



Cerca das 20.30h, começam a chegar convidados. Os portugueses rotos, desfraldados, cansados de esperar,bebidos, começam a ver os turcos a chegar. Todos com roupas diferentes, super bem vestidos, frescos que nem uma alface.
Às 21.00h, aparecem de novo os noivos numa entrada triunfal à filme, e ....começou a melhor festa que alguma vez tive.
Ainda hoje danço ao som daquelas músicas!!





10 comentários:

  1. Respostas
    1. E isso é que tem piada!
      Mas neste caso estamos a falar de uma Turquia ocidental e secular.

      Eliminar
  2. Uma vez em França, regressamos do jantar de casamento e assim que chegamos a casa dos pais da noiva limpamos tudo o que tinha sobrado do PA. Não estávamos habituados a casamentos gourmet

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O suíço foi o pior. O jantar era todo minimalista nas porções e como durou horas passamos uma fome...durante o jantar!

      Eliminar
  3. Realmente és uma vergonha para os portugueses... lol

    ResponderEliminar
  4. Epa, casamento sem comida e como um jardim sem flores!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E num país onde se come soberbamente! Modernices....

      Eliminar

Jakarta