segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Natacha Seminova #2

Quando o dito cantor apareceu no Voice Portugal ainda como Zé João e disse que era maquilhador, pensei logo "lá vem bicha".
Só porque era maquilhador. Tão simples quanto isto.
Não conheço o mundo dos maquilhadores, não sei se são todos heteros ou gays, mas insconscientemente associei a um homem gay. Associei aquela profissão a um tipo gay, abixanado (que neste caso nem o era...).
Depois fiquei a pensar, no quão PRÉ-conceituoso sou ou somos neste mundo. Partimos de estereótipos tontos, de PRÉ-juízos, de PRÉ-julgamentos.
E julgamos a sexualidade de uma pessoa só pela sua profissão.
Stupid me!

P.S. Apesar de o Zé João se vestir como Natacha Seminova continua a não ser necessariamente um homem gay, bi, whatever....




4 comentários:

  1. Eu conheço um maquilhador heterossexual, são raros mas não assim tão raros.

    ResponderEliminar
  2. Sim! temos esta mania preconceituosa de sempre associar estereótipos. Nem tudo é assim.

    ResponderEliminar
  3. Sim, somos de facto muito preconceituosos até porque quando queremos ofender alguém vamos sempre pelos "defeitos" que lhe encontramos no imediato: o bicha, o gordo, o esquelético, o orelhas de abano, etc, etc

    ResponderEliminar
  4. Olha, eu tenho uma profissão que até é conotada como sendo mais para mulheres, pelo menos nos turnos diurnos. Contudo, uma vez numa entrevista disse isto, e o homem disse-me "você está enganado. Além de me sentir mais confortável em colocar um homem no turno da noite, os homens não engravidam nem tiram dias para tomar conta dos filhos". Não sei o que será pior...

    ResponderEliminar

Ubud Writers & Readers Festival

Ao ver esta foto do Peixoto no Ubud Writers Festival, lembrei-me que há um ano estava eu lá.  Em Português diz-se, saudade. Em Bahasa diz-se...